Diário – 25.05.2009 / 16.06.2009

Minha mãe me lembrou esses dias pelo MSN que já faz mais de 1 mês que eu não atualizo o blog. Como sobrou um tempinho livre agora, resolvi contar algumas novidades, que na verdade não são mais tão novas assim.

Agradecimento especial para Camila (irmã de verdade), por ter me dado este óculos :D

Agradecimento especial para Camila (irmã de verdade), por ter me dado este óculos :D

Como base irei utilizar-me da minha pasta de fotos. Quase sempre estou com minha câmera no bolso, e quando vejo algo que desejo me recordar no futuro, simplesmente tiro uma foto. Como dizem, uma foto vale mais que mil palavras.

Na minha ultima atualização aqui do blog eu falei sobre o Rotaryade, viagem junto com os outros intercambistas em um final de semana, cujo tema foi Esportes. De acordo com a minha pasta de fotos, o próximo evento interessante aconteceu 2 dias depois.

26.05.2009, terça-feira: minha pequena cidade (Bad Hersfeld, 30.000 habitantes) é famosa por alguns eventos, como o Festival de Jazz na primeira semana de Junho (eu estava em Berlin com o Rotary). Tem também o Lullusfest, que é o festival mais antigo da Alemanhã (desde 852) e o Bad Hersfelder Festspiele, que é um festival de teatro que está acontecendo agora.

Eis que meu host irmão é figurante em 2 das 3 principais peças do Bad Hersfelder Festspiele, o que garantiu entradas grátis para toda a família na pré-estréia.

Mas nesta terça-feira, eu estava no local onde acontece as peças não por causa do meu irmão, mas sim acompanhado pelo Rotary, que foi assistir um ensaio do famoso musical West Side Story, que por sinal é a peça que meu irmão não é figurante.

P1030109.JPG

Romeu e Julieta modernizado.

O legal deste festival de teatro é que ele acontece nas ruinas de um monastério aqui da cidade, a céu aberto. Não há cortinas (e nem coberta no palco), e por isso eles tem que bolar um jeito de fazer um cenário espetacular, já que este será o cenário durante toda a peça. Nas próximas atualizações eu coloco fotos das outras peças.

30.05.2009, sábado: um casal da suiça, amigo dos meus pais, dormiu aqui no final de semana. No sábado saimos juntos para a cidade (agora eu moro à uns 3 km do centro) e por sorte estava acontecendo mais um evento musical lá, o 1º Festival de Rua de Jazz. No total foram mais de 25 apresentações pela cidade, sempre 4 simultaneamente. Legal que um amigo do meu irmão mais novo tava lá, tocando sozinho.

P1030138.JPG

Jazz!

Em seguida fomos em um parque gigante que tem aqui na cidade, cheio das maluquices, como essa coisa que joga vapor d`água nas pessoas.

P1030142.JPG

Uau

01.06.09 até 07.06.2009: 1 semana em Berlin, com o Rotary e os outros intercambistas. Este evento merece um texto exclusivo.

10.06.2009, quarta-feira: fui com o Rotaract em uma galeria de um Rotário aqui em uma cidade perto. Eu já tinha ido lá outras vezes, mas foi a primeira vez que fui nesta exposição.

Rotaract

Rotaract

Gostei bastante dos retratos com umas cores diferentes, e particulamente das esculturas. Aqui algumas fotos:

11.06.2009, quinta-feira: mais uma com o Rotaract. Fomos pela segunda vez em uma espécie de “asilo” que tem aqui na cidade. Na primeira levamos alguns idosos para passear pelo parque, mas como desta vez o tempo não estava tão bom simplesmente passamos a tarde toda lá conversando com eles, dando um pouco de atenção.

Tinha uma velhinha que falava de 10 em 10 minutos: “nossa, não acredito que estou falando com um brasileiro… mas que mundo pequeno. Minha filha mal vai acreditar”. Ela era bem simpática, tava lá fazia menos de 2 semanas e conversou bastante com a gente. No final tive que tirar uma foto da gente, para futuras recordações.

P1030549.JPG

:)

Mas tinha também uns mais velhos, que mal conseguiam falar. Estranho e assustador pensar que um dia aquilo vai provavelmente acontecer comigo. Que um dia eu não vou mais conseguir seguir minha própia linha de raciocínio e que eu vou me esquecer das coisas. Uhhh, medo.

No mesmo dia, à noite, fui assistir uma das peças onde meu irmão mais velho é figurante: Odissésia. Na verdade não entendi quase do que eles falaram, pois eles usam um alemão beeem antigo, sem contar que quando você não é fluente em uma língua, a não ser que as pessoas falem bem claramente fica difícil de entender (pelo menos para mim).

Por exemplo: ao escutar uma música em alemão eu entendo bem menos do que se uma pessoa ler a letra da mesma música para mim. Cantar e atuar dão uma entonação diferente, um ritmo especial que não estou de forma alguma acostumado a ouvir no meu dia-a-dia. Até inglês, que tenho mais conhecimento, acontece de às vezes eu não entender coisas bem claras em músicas.

Entretanto, mesmo sem entender muito do que eles falaram, foi bem legal assistir a peça. Pesquisar na Internet a história antes ajuda bastante, sem contar que a estrutura em sí, os efeitos e a atuação dos personagens já fazem valer a pena.

P1030577.JPG

Bad Hersfelder Festspiele

12.06.09 até 14.06.2009: Conferência Distrital. Mais uma viagem com o Rotary, mais uma história que irei adiar e falar em um post à parte.

16.06.2009, terça-feira: aula de Física desse dia foi muito boa. Foi uma ótima escolha ter pego Física como meu Curso Secundário. As aulas são sempre bem práticas, o professor é bem legal e ensina muito bem.

Neste dia em específico a gente mediu a velocidade de uma bala de espingarda de chumbinho, na prática, só usando o princípio de conservação de impulso (m*v = m*v). Resumindo, a gente simplesmente atirou em um “carrinho”, mediu a massa do carrinho e a velocidade dele, a massa da bala e pronto.

Só que algumas coisas chamavam a atenção, como a quantidade de tecnologia que usamos. Por exemplo, o carrinho estava em um trilho que tinha um fluxo de ar em baixo para diminuir o atrito, tipo aquele jogo Air Hockey, ou “Hockey de Mesa”, que tem nos Shoppings da vida (Google it! :P).

Para medir o tempo percorrido (com o objetivo de achar a velocidade) usamos um equipamento à parte. Ele emitia um raio laser de um lado do trilho, e do outro tinha um detector. Quando o sinal era cortado (o carrinho passando pelo caminho) o cronômetro era ativado. No final do percurso tinha um mecanismo igual, para parar o tempo. Isso deu uma precisão de décimos de milisegundos.

A balança também tinha uma precisão que eu nunca tinha visto na vida. Essas aulas de Física e de Química são muito além de simplesmente decorar fórmulas. Elas despertam o lado “cientista” adormecido em algumas pessoas. Pena não ter levado a câmera para o colégio neste dia :(.

É, por hoje tá bom. Depois eu continuo até chegar nos dias de hoje, e então eu escrevo sobre Berlin e a Conferência Distrital.

Adios.

2 thoughts on “Diário – 25.05.2009 / 16.06.2009

  1. Achei muito legal o seu blog ainda mais porque pretendo ir pra Alemanha ano que vem.
    Eu queria saber se você tem alguma dica.
    Bem, não sei como você poderia me responder… caso não de para você ver o meu e-mail é fc_iris@hotmail.com , se der para você mandar eu ia ficar muito feliz. Ah esse é meu msn, se assim for melhor, não sei.. acho que deu pra percebe que eu to meio nervosa (na verdade surtando mas é segredo).
    Ta bom né, nem escrevi um texto. Obrigada desde já.

Deixe uma resposta para Iris Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

:D :-) :( :o 8O :? 8) :lol: :x :P :oops: :cry: :evil: :twisted: :roll: :wink: :!: :?: :idea: :arrow: :| :mrgreen: